Campanha mundial apoia o vaping para ajudar contra o tabagismo

Publicado:

Tempo de leitura: < 1 minutos

O Vapor Aqui está se juntando a um movimento global coordenado pela World Vapers Alliance intitulado “Back Vaping. Beat Smoking.” Com 2021 sendo um dos anos mais importantes na história do vaping, ativistas e vapers brasileiros estão levantando suas vozes e chamando políticos a adotarem políticas favoráveis ​​à vaporização.

A campanha compartilha a hashtag #backvapingbeatsmoking e conta com uma rede de parceiros em diversos países nos quatro continentes.

Estamos entusiasmados em nos juntar a este esforço global para erradicar o tabagismo para sempre. Mais de 5,5 milhões de vidas poderiam ser salvas no Brasil se a legislação seguir as evidências e incluir a vaporização como uma ferramenta crucial para combater o tabagismo.

Alexandro Lucian, criador do projeto Vapor Aqui

Este ano é vital para o futuro da vaporização e sua capacidade de vencer o tabagismo. Está ocorrendo no final do ano uma conferência global sobre controle do tabagismo (COP 9), que conta com representantes do governo brasileiro. Muitos ativistas anti-vaping estão pedindo o tratamento da vaporização da mesma forma que o fumo, incluindo proibições de sabores e aumento de impostos. Nossos líderes precisarão se levantar para vaping e empurrar para trás em outras restrições.

“Ter o Vapor Aqui como parceiro significa que temos uma voz ainda mais forte a nível global este ano. Será um sinal claro para o mundo de que o Brasil defende vaping e quer vencer o tabagismo. ”

Michael Landl, Diretor da World Vapers Alliance

A campanha “Back Vaping. A Beat Smoking” está trabalhando em conjunto com ativistas e organizações de todo o mundo para enviar uma mensagem forte aos líderes globais. Para saber mais sobre isso, acesse worldvapersalliance.com

A campanha possui uma página que permite que todos possam se registrar e apoiar a iniciativa, participe você também!

https://worldvapersalliance.com/back-vaping-beat-smoking/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Outros artigos

Cientista é banido de conferência sobre cigarros eletrônicos por difamação de organização anti-vaping

O sociólogo norueguês Karl Erik Lund foi banido de uma conferência que ajudou a organizar por conta de acusações infundadas.

Procura-se morte por cigarros eletrônicos e paga-se bem

Que tal ganhar mais de 30 mil reais provando que os cigarros eletrônicos já provocaram alguma morte no mundo?

A ideia de que os sabores dos cigarros eletrônicos fisgam as crianças é simples, convincente – e falsa.

Cigarros eletrônicos com sabores são motivo de muito debate, mas em muitos casos acabamos por ter que usar o princípio da assimetria da besteira.

A lei brasileira sobre os cigarros eletrônicos e o panorama do país nos dias atuais

Conheça em detalhes a lei brasileira sobre cigarros eletrônicos e a situação geral do país em relação aos produtos.

Newsletter

- Receba notícias em seu email

- Não compartilhamos emails com terceiros

- Cancele quando quiser

Últimas notícias

Paulo Jubilut, biólogo famoso com mais de 2.5 milhões de inscritos no Youtube, divulga vídeo com fake news sobre o vape

Da quantidade de nicotina no vape e nos cigarros até Acetato de Vitamina E, o biólogo não fez a pesquisa necessária para tratar do tema.

Decisão da ANVISA sobre cigarros eletrônicos pode ser anulada pela câmara dos deputados

Ex-diretora Cristiane Jourdan é acusada de "politização do processo" e "revanchismo" na tentativa de manter o cargo.

Vape é oportunidade de colaboração entre indústria e governo para combater tabagismo

Estudos apontam que o cigarro eletrônico desempenha importante papel na redução de danos do tabaco, apoiando a prevenção de recaídas e crises de abstinência; caso da Nova Zelândia é considerado exemplar

Aumenta a certeza de que DEFs são mais eficazes para parar de fumar do que adesivos e gomas de mascar de nicotina

Conclusão foi da Biblioteca Cochrane, referência no mundo em revisão de pesquisas de saúde.

Vídeo mostra que falta de regulação do mercado vaping estimula trabalho infantil na China

O mercado não regulado de vaporizadores alimenta uma indústria ilegal que explora crianças.