O que é e como funciona o cigarro eletrônico?

Publicado:

Tempo de leitura: 3 minutos

Também conhecido como vape, vaporizador e nomeado oficialmente pela ANVISA como DEF – Dispositivo Eletrônico para Fumar (apesar de muitas críticas de especialistas que “fumar” provém de “fumaça”, o que não existe nos dispositivos) é um produto que cria um aerosol inalável ao transformar um líquido em vapor, que pode ter ou não nicotina, normalmente oferecido com sabores (tabaco, café, frutas, menta, doces, etc.) e potencial de servir como uma alternativa ao fumante, pois, além de entregar nicotina ao organismo, também proporciona experiência semelhante ao ato de fumar.

Apesar das similaridades, o processo não envolve o consumo de tabaco, nem gera o alcatrão ou monóxido de carbono e por não ter queima ou combustão de material, representa apenas uma fração dos riscos de fumar.

Por transformar o líquido em aerosol através da vaporização, o ato de se usar um cigarro eletrônico pode ser chamado de “vaporar” ou “vaporizar” e não “fumar”, daí a crítica em relação a nomenclatura adotada pela ANVISA, pois não há produção de “fumaça” e sim “vapor”.

Apesar do nome “cigarro eletrônico”, os aparelhos atuais se distanciam muito do formato de um cigarro, sendo produzidos nos mais diversos formatos, desde cilíndricos, caixas, até cachimbos, usando diversos tipos de materiais como aço, alumínio, madeira e até mármore e outras pedras, por isso defende-se o uso da palavra “vaporizador” e não mais “cigarro eletrônico”.

É interessante notar que pessoas leigas fazem distinção entre produtos como PODS (mais portáteis e com maior concentração de nicotina) e os “vapes” se referindo aos produtos de maior vaporização e menor concentração de nicotina, similares ao narguilé, o que é errado, pois são todos considerados vaporizadores.

Anatomia de um cigarro eletrônico/vaporizador

Apesar de inúmeros modelos e opções existentes, todos trabalham com a mesma tecnologia e funcionam de forma semelhante, sendo compostos pelos seguintes items:

  • Uma bateria, fonte de energia do produto;
  • Um atomizador ou cartucho, que irá servir de reservatório do líquido e alimentar um sistema de algodão e resistência;
  • O líquido que será inalado, com uma determinada dose de nicotina à escolha do consumidor, podendo inclusive ser zero;

Como funciona?

Ao ser acionado (seja por um botão ou apenas ao tragar) é aplicada uma corrente elétrica até uma bobina de metal, chamada também de resistência, que funciona basicamente como um chuveiro. A corrente elétrica aquece o metal, que por sua vez está envolvendo um algodão molhado com o líquido que será vaporizado e inalado.

A peça responsável por todo o processo chama-se atomizador, possuindo um deck para instalação da bobina e dependendo do modelo também oferece um reservatório para o líquido. Apesar de existirem diversos tipos de atomizadores, com uma infinidade de combinações de bobinas, tipos de fios, algodão e muito mais, o processo é basicamente sempre o mesmo, alterando apenas a quantidade de vapor produzido, a capacidade do sistema de receber maiores potências e a experiência como um todo.

No caso dos PODS o cartucho faz a função de atomizador, que apesar do tamanho significativamente menor, realiza o mesmo processo.

Os líquidos para vaporizadores

Um líquido para vaporizadores é composto basicamente de 4 substâncias: Glicerina, Propilenoglicol, essências de sabor e opcionalmente nicotina. Em países que regulamentaram o comércio e produção de líquidos para cigarros eletrônicos, foram implementadas diretrizes específicas para definir as características de cada componente dos produtos como pureza, composição, entre outros.

Mais informações

O Vapor Aqui é a maior fonte de informações sobre vaping em língua Portuguesa e por aqui você encontra muito mais conteúdo, deixamos algumas sugestões abaixo, na dúvida utilize a ferramenta de pesquisa ou consulte nossa seção de Guias.

As dúvidas mais frequentes sobre o vaping

Tipos de vaporizadores

Primeiro uso de um vaporizador

Guia completo de segurança de pilhas

Os diferentes modelos de coils

Abaixo, oferecemos um vídeo didático com um resumo sobre os vaporizadores, sua história, modelos, impactos na saúde, legislação e muito mais.

Outros artigos

Reino Unido proibirá vapes descartáveis, restringirá sabores e fará mais coisas estúpidas

O governo do Reino Unido decidiu que proibirá os vaporizadores descartáveis ​​e sugere que proibirá os sabores dos vaporizadores. Isto irá desencadear mais tabagismo, mais comércio ilícito e mais soluções alternativas.

9 fatos e mitos sobre o vaping de acordo com o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido

Menos prejudiciais do que fumar, ajudam contra o tabagismo, menos nicotina que os cigarros e outros fatos que o Brasil ignora sobre o vaping.

Mais um grande estudo confirma os benefícios dos cigarros eletrônicos

Um conjunto crescente de evidências mostra que os cigarros eletrônicos são muito mais seguros do que fumar e a ferramenta de cessação mais eficaz disponível.

FDA divulga dados de 2023 dos EUA com queda no tabagismo e no uso de vape adolescente após regulamentação

Tabagismo adolescente é o menor de todos os tempos e o consumo de cigarros eletrônicos continua caindo.

Colégio Real de Psiquiatras da Austrália e Nova Zelândia declara que vapes são alternativa mais segura do que o consumo de tabaco

Instituição declara que o vaping pode ser prescrito para pessoas adultas que fumam como forma de tratamento contra o tabagismo.

4 milhões de brasileiros já usaram cigarro eletrônico no Brasil e a maioria vê propaganda na TV

O relatório Covitel 2023 coletou informações de 9 mil pessoas, com 18 anos ou mais, entre janeiro e abril de 2023, e traz informações...

Newsletter

- Receba notícias em seu email

- Não compartilhamos emails com terceiros

- Cancele quando quiser

Últimas notícias

Manifestação a favor da regulamentação dos cigarros eletrônicos ocorre nesta sexta-feira em Brasília

Consumidores foram convocados a se concentrarem na frente do prédio da ANVISA a partir das 9h de sexta-feira (1º)

A desinformação sobre os cigarros eletrônicos faz vítimas reais

O estigma contra os produtos e consumidores vem causando danos graves na vida das pessoas.

Globo compartilha informações falsas em editorial que faz campanha contra cigarros eletrônicos

Contra seu próprio princípio editorial de isenção, Globo toma partido contra a regulamentação do vape no Brasil, usando informações falsas para causar pânico moral.

Apoiar a proibição dos cigarros eletrônicos no Brasil é apoiar o terrorismo

Cidadão Sírio que morou em Belo Horizonte financiou ações terroristas graças ao contrabando de cigarros eletrônicos no Brasil.

COP10 é cancelada em meio a acusações de censura, controvérsias e protestos no Panamá

Evento da OMS criticado por não permitir acesso a interessados contrários aos temas foi prejudicado pela agitação no país.