Jornal da Associação Americana do Coração faz retratação por divulgar importante pesquisa contra o vaping

Publicado:

Tempo de leitura: 2 minutos

No meio do ano de 2019 uma pesquisa realizada por Dharma N. Bhatta e Stanton A. Glantz apresentava informações e conclusões de que o vaping estava associado com um aumento de riscos de infarto do miocárdio, dizendo que os riscos eram similares ao tabaco convencional.

A pesquisa pode ser vista através deste link.

Em resumo a pesquisa dizia que independente se o uso fosse esporádico ou diário, os cigarros eletrônicos contribuíam para causar infarto do miocárdio de forma praticamente igual aos cigarros convencionais e o uso duplo de ambos os produtos criava riscos maiores do que o uso de um ou de outro de forma exclusiva.

Este artigo foi muito utilizado por entidades de saúde brasileiras para alardear que os cigarros eletrônicos não são uma boa alternativa para o tabagismo, insistindo que os tradicionais adesivos, gomas de mascar e remédios é que funcionam, inclusive apresentando estes dados na Anvisa tentando barrar a discussão para uma potencial liberação do comércio de cigarros eletrônicos no Brasil.

Mas como a ciência não para e pesquisas são frequentemente colocadas em revisão por outros cientistas, foram identificadas falhas graves nesta pesquisa e em suas metodologias, tornando suas conclusões não confiáveis chegando ao ponto de periódicos médicos como o Journal of The American Heart Association considerar necessário se retratar publicamente por ter divulgado o artigo, como aconteceu hoje dia 18 de Fevereiro de 2020 conforme você pode conferir neste link.

Para quem não conhece Inglês, a retratação informa que foram identificados erros graves de metodologia em que não foram sequer informados se os infartos do miocárdio haviam acontecido ANTES ou DEPOIS do uso dos cigarros eletrônicos e apesar de ter sido dada a chance de apresentação destas informações, os responsáveis pelo estudo não conseguiram apresentar estes dados.

Este é apenas um dos vários casos em que pesquisas ditas “científicas” são desbancadas pela comunidade mundial por conta de suas metodologias falhas ou por conflitos de interesses, contribuindo para a desinformação e sendo um prato cheio para quem quer de forma ideológica acabar com a possibilidade de liberação do comércio de cigarros no Brasil.

Isso prova que nem tudo o que é dito ser “pesquisa científica” pode ser aceita sem antes uma profunda revisão e análise por especialistas e pela sociedade.

Outros artigos

Reino Unido proibirá vapes descartáveis, restringirá sabores e fará mais coisas estúpidas

O governo do Reino Unido decidiu que proibirá os vaporizadores descartáveis ​​e sugere que proibirá os sabores dos vaporizadores. Isto irá desencadear mais tabagismo, mais comércio ilícito e mais soluções alternativas.

9 fatos e mitos sobre o vaping de acordo com o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido

Menos prejudiciais do que fumar, ajudam contra o tabagismo, menos nicotina que os cigarros e outros fatos que o Brasil ignora sobre o vaping.

Mais um grande estudo confirma os benefícios dos cigarros eletrônicos

Um conjunto crescente de evidências mostra que os cigarros eletrônicos são muito mais seguros do que fumar e a ferramenta de cessação mais eficaz disponível.

FDA divulga dados de 2023 dos EUA com queda no tabagismo e no uso de vape adolescente após regulamentação

Tabagismo adolescente é o menor de todos os tempos e o consumo de cigarros eletrônicos continua caindo.

Colégio Real de Psiquiatras da Austrália e Nova Zelândia declara que vapes são alternativa mais segura do que o consumo de tabaco

Instituição declara que o vaping pode ser prescrito para pessoas adultas que fumam como forma de tratamento contra o tabagismo.

4 milhões de brasileiros já usaram cigarro eletrônico no Brasil e a maioria vê propaganda na TV

O relatório Covitel 2023 coletou informações de 9 mil pessoas, com 18 anos ou mais, entre janeiro e abril de 2023, e traz informações...

Newsletter

- Receba notícias em seu email

- Não compartilhamos emails com terceiros

- Cancele quando quiser

Últimas notícias

Manifestação a favor da regulamentação dos cigarros eletrônicos ocorre nesta sexta-feira em Brasília

Consumidores foram convocados a se concentrarem na frente do prédio da ANVISA a partir das 9h de sexta-feira (1º)

A desinformação sobre os cigarros eletrônicos faz vítimas reais

O estigma contra os produtos e consumidores vem causando danos graves na vida das pessoas.

Globo compartilha informações falsas em editorial que faz campanha contra cigarros eletrônicos

Contra seu próprio princípio editorial de isenção, Globo toma partido contra a regulamentação do vape no Brasil, usando informações falsas para causar pânico moral.

Apoiar a proibição dos cigarros eletrônicos no Brasil é apoiar o terrorismo

Cidadão Sírio que morou em Belo Horizonte financiou ações terroristas graças ao contrabando de cigarros eletrônicos no Brasil.

COP10 é cancelada em meio a acusações de censura, controvérsias e protestos no Panamá

Evento da OMS criticado por não permitir acesso a interessados contrários aos temas foi prejudicado pela agitação no país.