Um mapa da regulamentação do vaping no mundo

Publicado:

Tempo de leitura: < 1 minutos

O site Britânico Vapekit produziu um artigo bastante completo apresentando um panorama mundial bastante completo sobre a regulamentação dos cigarros eletrônicos no mundo.

Com base na Inglaterra, o blog é parte de uma empresa local que comercializa produtos vaping em um país que é sinônimo de medidas avançadas no combate ao tabagismo não apenas aceitando como incentivando o uso de produtos para consumo de nicotina com risco reduzido como cigarros eletrônicos, tabaco oral e tabaco aquecido.

O artigo é muito completo e um verdadeiro dossiê das legislações vigentes no planeta, podendo ser conferido na íntegra através deste link.

Apresentamos abaixo um infográfico retirado do artigo original que dá um panorama geral do vaping no mundo, mas não deixe de conferir o trabalho na íntegra, vale a pena.

Outros artigos

Reino Unido vai oferecer cigarros eletrônicos gratuitos aos consumidores que reciclarem seus produtos usados

O sistema de correio do Governo coletará aparelhos usados ​​das casas das pessoas como parte de um grande esquema para reduzir os danos ambientais.

Evento internacional traz a experiência da Suécia para o Brasil e o potencial de também ser um país “livre do fumo”

Vaporaqui cobre evento gratuito em SP, que traz a experiência da Suécia em ser o primeiro país "sem fumo" da Europa em 2023. Brasil é um potencial candidato para seguir o exemplo.

Pare de fumar comece a vaporar

Livro do especialista australiano Dr. Colin Mendelsohn mostra um guia prático de como reduzir os danos do tabagismo através do vaping.

Jornal da Band faz especial sobre cigarros eletrônicos desconectado da ciência, mas conclui que a regulamentação é o melhor caminho

Ignorando dados da ciência mundial e países avançados que apoiam a redução de danos do tabagismo, a mídia brasileira peca nas informações sobre cigarros eletrônicos.

Canadá atualiza e amplifica sua postura positiva em relação aos cigarros eletrônicos

Governo do Canadá revisou as evidências científicas sobre os cigarros eletrônicos e amplifica sua posição a favor da Redução de Danos do Tabagismo.

A Grã-Bretanha deve enfrentar a OMS sobre vaping para salvar milhões de vidas

Vamos lembrar nossos 'fumantes esquecidos', enfrentar a OMS e fazer tudo o que pudermos para alcançar esse futuro sem fumo juntos, escrevem os deputados e vice-presidentes do APPG for Vaping.

Newsletter

- Receba notícias em seu email

- Não compartilhamos emails com terceiros

- Cancele quando quiser

Últimas notícias

Crítica ao saúde em foco da CBN do dia 18/04/2023

Médico Luis Fernando Correia mostra desconhecimento sobre o tema redução de danos e passa informações falsas sobre o mercado vaping.

Os estudos mostram que os vaporizadores causam câncer? Não.

Mesmo os melhores estudos não superaram uma questão estatística importante e tendem a distorcer as evidências para fazer com que os cigarros eletrônicos pareçam perigosos.

A Suécia quer dar de presente uma receita para acabar com o tabagismo e o Brasil precisa aceitar

O país está prestes a se tornar livre do tabagismo graças a sua abordagem que aceita produtos como cigarros eletrônicos.

Governo da Inglaterra vai doar cigarros eletrônicos para ajudar 1 milhão de adultos a parar de fumar

Para combater o tabagismo Inglês, quase 1 em cada 5 fumantes receberão um kit para iniciar nos vaporizadores, juntamente com suporte comportamental.

O emblemático caso de sucesso do Japão na redução de danos do tabagismo

País vem inovando nas decisões sobre produtos de risco reduzido e colhem a maior queda nas vendas de cigarros já vista em um grande mercado.