Aumenta a certeza de que DEFs são mais eficazes para parar de fumar do que adesivos e gomas de mascar de nicotina

Publicado:

Tempo de leitura: 3 minutos

Em Abril de 2021 a Biblioteca Cochrane revisou 56 estudos e concluiu, com um nível “moderado” de certeza, que os DEFs – Dispositivos Eletrônicos para Fumar, também conhecidos como cigarros eletrônicos, são mais eficazes ao ajudar pessoas a parar de fumar quando comparados com adesivos e gomas de mascar de nicotina.

Em sua nova revisão publicada em 17 de Novembro de 2022, a instituição chegou a mesma conclusão, porém aumentou o seu nível de certeza para “alto”, nível máximo de seu sistema de revisão e análise.

O que é a Biblioteca Cochrane?

A Biblioteca Cochrane é uma das instituições mais respeitadas e confiáveis do mundo no campo de revisões sistemáticas e meta-análises, que resumem e interpretam os resultados de pesquisas no campo da saúde. Ela tem sido comparada com o Projeto Genoma Humano, pela importância que tem e terá nas futuras gerações em relação à atenção à saúde.

Composta por uma rede global independente de pesquisadores, profissionais, pacientes, cuidadores e pessoas interessadas em saúde, que conta com mais de 37 mil voluntários, de mais de 130 países ao redor do mundo, dedicados a realizarem revisões sistemáticas para apresentação da melhor evidência científica disponível, com o objetivo de ajudar a tomada de decisão nas diversas áreas da saúde.

O próprio NIH – National Institute of Health, o maior centro de pesquisa biomédica do mundo que compõe o Departamento Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, considera a Biblioteca Cochrane de alto padrão “especialmente dada a natureza não remunerada e voluntária do trabalho”, o que a torna uma fonte de conteúdo independente e livre de conflitos de interesse.

A Cochrane adota o sistema GRADE (Grades of Recommendation, Assessment, Development and Evaluation) que surgiu em 2000 através de uma colaboração de pesquisadores, epidemiologistas e estatísticos que tinham como objetivo uniformizar os sistemas de graduação dos níveis de evidência e recomendações existentes. Este sistema é utilizado por mais de 60 organizações e Sociedades internacionais entre elas: a Organização Mundial da Saúde, Sociedade Torácica Americana, Sociedade Endócrina Americana, Sociedade Respiratória Européia e muitas outras.

No sistema GRADE existem quatro níveis de certeza em relação ao corpo de evidências apresentado: alto, moderado, baixo e muito baixo.

DEFs ajudam a parar de fumar – nível máximo de confiança

Os DEFs receberam em Abril de 2021 uma revisão da Biblioteca Cochrane de 56 estudos com um total de 12.804 participantes, sendo 29 deles ensaios controlados aleatórios. A conclusão foi de que “Há evidências de certeza moderada de que DEFs com nicotina aumentam as taxas de abandono (do tabagismo) em comparação com DEFs sem nicotina e em comparação com TRN (Terapia de Reposição de Nicotina composta de adesivos e gomas de mascar).”

Em sua nova revisão publicada em 17 de Novembro de 2022 a instituição aumentou o seu nível de certeza para “alto”, nível máximo do sistema GRADE de confiabilidade e qualidade das conclusões.

“Há evidências de ALTA CERTEZA de que DEFs com nicotina aumentam as taxas de abandono (do tabagismo) em comparação com TRN (Terapia de Reposição de Nicotina composta de adesivos e gomas de mascar).

No Brasil profissionais de saúde ignoram evidências científicas

O Brasil continua enfrentando uma guerra contra os DEFs ou cigarros eletrônicos, com a grande mídia dando espaço somente a uma única narrativa que é controlada por instituições como FIOCRUZ, INCA, ACT – Promoção da Saúde dentre outras, que continuam ignorando as evidências científicas de que os DEFs ajudam as pessoas a parar de fumar.

Esse movimento parece ter influenciado a equipe técnica da ANVISA, que este ano apresentou um relatório que sugere manter a RDC 46/2009, normativa que proibiu o comércio, importação e propaganda dos DEFs.

A decisão pela proibição há mais de 13 anos atrás permitiu que fosse criado um ambiente propício ao mercado ilegal e ao contrabando, pois mesmo sem poder comercializar, muitas tabacarias, casas de show, distribuidoras de bebidas, lojas especializadas e até postos de gasolina oferecem estes produtos, sem qualquer fiscalização sanitária ou controle da qualidade.

A ANVISA ainda não tomou uma decisão final, que ficará a cargo do relator e também diretor-presidente da agência, Sr. Antonio Barra Torres. O mais provável é que seja seguida a recomendação do relatório para manter a proibição, mas o relator declarou que ainda está indeciso e que pode optar por outro caminho, desde que tenha subsídios concretos que fundamentem essa escolha.

Este novo relatório da Biblioteca Cochrane pode ser uma peça fundamental nesse processo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Excelente notícia. Devemos repassar ao máximos de pessoas possíveis para que esta informação se multiplique a todos os cantos!!! Parabéns como sempre Hazrd!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Outros artigos

Cientista é banido de conferência sobre cigarros eletrônicos por difamação de organização anti-vaping

O sociólogo norueguês Karl Erik Lund foi banido de uma conferência que ajudou a organizar por conta de acusações infundadas.

Procura-se morte por cigarros eletrônicos e paga-se bem

Que tal ganhar mais de 30 mil reais provando que os cigarros eletrônicos já provocaram alguma morte no mundo?

A ideia de que os sabores dos cigarros eletrônicos fisgam as crianças é simples, convincente – e falsa.

Cigarros eletrônicos com sabores são motivo de muito debate, mas em muitos casos acabamos por ter que usar o princípio da assimetria da besteira.

A lei brasileira sobre os cigarros eletrônicos e o panorama do país nos dias atuais

Conheça em detalhes a lei brasileira sobre cigarros eletrônicos e a situação geral do país em relação aos produtos.

Newsletter

- Receba notícias em seu email

- Não compartilhamos emails com terceiros

- Cancele quando quiser

Últimas notícias

Paulo Jubilut, biólogo famoso com mais de 2.5 milhões de inscritos no Youtube, divulga vídeo com fake news sobre o vape

Da quantidade de nicotina no vape e nos cigarros até Acetato de Vitamina E, o biólogo não fez a pesquisa necessária para tratar do tema.

Decisão da ANVISA sobre cigarros eletrônicos pode ser anulada pela câmara dos deputados

Ex-diretora Cristiane Jourdan é acusada de "politização do processo" e "revanchismo" na tentativa de manter o cargo.

Vape é oportunidade de colaboração entre indústria e governo para combater tabagismo

Estudos apontam que o cigarro eletrônico desempenha importante papel na redução de danos do tabaco, apoiando a prevenção de recaídas e crises de abstinência; caso da Nova Zelândia é considerado exemplar

Vídeo mostra que falta de regulação do mercado vaping estimula trabalho infantil na China

O mercado não regulado de vaporizadores alimenta uma indústria ilegal que explora crianças.

Boa Vista, capital de Roraima, sanciona lei que limita o uso dos cigarros eletrônicos

Lei limita o uso em estabelecimentos privados, mas não impede o uso em casa.