Image default
Notícias

Presidente Trump revela estar arrependido de banir sabores de cartuchos para cigarros eletrônicos

Um artigo do New York Times revela que o Presidente Trump se arrependeu de ter aceitado a sugestão de seus assessores para banir os sabores dos cartuchos de cigarros eletrônicos, como os da empresa Juul.

Durante uma reunião no salão oval da Casa Branca, após um de seus pesquisadores, Tony Fabrizio, descrever a importância da saúde pública como uma questão eleitoral, o Presidente Trump imediatamente pegou o telefone e ligou para Alex M. Azar II, o secretário de serviços de saúde.

“I never should have done this fucking vaping thing” disse o Presidente que podemos traduzir para algo como “Eu nunca deveria ter feito esse porra de negócio de vaping”.

O Presidente em 2019 esteve bastante indeciso sobre o tema. Primeiro ele divulgou em Setembro de 2019 que iria banir todos os sabores, porém após grande pressão do mercado e da comunidade vaper, além de indicações de seus conselheiros que revelaram potenciais perdas de eleitores, o Presidente voltou atrás em Novembro.

Até que no final do ano veio o banimento parcial que proíbe o comércio de cartuchos que não sejam mentolados ou de tabaco. Isso não afeta os sabores de líquidos utilizados em outros tipos de aparelhos, sem ser em cartuchos pré-fabricados, que representam um grande parcela do mercado.

O Governo dos Estados Unidos deve fazer um anúncio em breve sobre suas políticas de saúde, terreno em que Trump sempre foi bastante vulnerável e o torna alvo constante de ataques de Michael R. Bloomberg, ex-prefeito de New York e candidato à presidência dos EUA nas próximas eleições, que já gastou milhões em propagandas anti-vaping e garante que se for eleito tratará de endurecer muito as regras, provavelmente banindo todos os sabores do mercado.

Fontes: CNN, NY TIMES.

Artigos relacionados

Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação. Imaginamos que você esteja feliz com isso, mas caso não queira, você pode optar por não aceitar. Aceitar Leia mais