Image default
Notícias

Importantes notícias para o vaping americano

Ontem, dia 28 de Julho de 2017, a FDA (Food and Drug Administration que é o equivalente à nossa Anvisa) liberou uma notícia em sua página oficial que está sendo vista como um relativo (porém importante) avanço na política americana relativa aos cigarros eletrônicos.

O texto anuncia um novo plano para regulamentação do tabaco e da nicotina para proteção das crianças e diminuição de doenças e mortes relacionadas ao tabaco. Com um importante foco na “busca por um equilíbrio entre regulamentação e encorajamento no desenvolvimento de produtos inovadores que podem ser menos prejudiciais que os cigarros”.

Um dos principais objetivos do plano é abrir um diálogo com a população e tentar diminuir os níveis de nicotina dos cigarros para patamares não viciantes.

Os cigarros eletrônicos são nomeados pela FDA de “ENDS” (Eletronic Nicotine Delivery System ou Sistema Eletrônico de Entrega de Nicotina) e receberam uma bem vinda e necessária extensão do prazo para adequação às normas estabelecidas pela FDA.

Até então, a FDA havia determinado severas regulamentações que deveriam ser cumpridas até 8 de Agosto de 2018, dando pouco mais de 1 ano para as empresas se adequarem à normas e registros que em muitos casos custam milhares de dólares.

Agora, este prazo foi estendido para 8 de Agosto de 2022.

Apesar do prazo mais longo, as mesmas regulamentações ainda serão exigidas, muitas das coisas são necessárias como a exigência de identificação para impedir a venda a menores de idade e limitar o apelo na propaganda e apresentação dos juices que podem atrair jovens como embalagens relacionadas com doces e guloseimas.

Porém algumas regulamentações são consideradas exageradas e com investimento necessário desproporcional ao tamanho dos negócios. Nos EUA grande parte das empresas fabricantes de juices são de economia familiar ou pequenas empresas.

Seguindo as determinações da FDA, cada combinação de juice necessitará de um registro individual que custa milhares de dólares, o que significa que um juice de mesmo sabor, porém com concentrações diferentes de nicotina (Morango com 3mg e Morango com 6mg por exemplo) deverão possuir registros diferentes, tornando praticamente impossível que a maior parte da economia baseada no vapor possa sobreviver.

Como a FDA promete um diálogo com a população e na esperança de que novos avanços aconteçam nos 5 anos determinados pelo prazo dado, só nos resta esperar que ajustes sejam feitos para beneficiar o vapor americano, que tanto reflete no resto do mundo.

Anúncio oficial: https://www.fda.gov/NewsEvents/Newsroom/PressAnnouncements/ucm568923.htm

Artigos relacionados

Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação. Imaginamos que você esteja feliz com isso, mas caso não queira, você pode optar por não aceitar. Aceitar Leia mais

Assine nossa newsletter!

e fique ligado nas novidades

Saiba tudo o que acontece sobre o vaping no Brasil e no mundo. Seus dados não serão compartilhados e só vamos lhe avisar sobre coisas importantes e bem legais!