Image default
Notícias

Decisão da Anvisa sobre vaping só no final do ano

O cronograma da Anvisa para entrega do AIR – Avaliação de Impacto Regulatório com sua conclusão à respeito de uma eventual mudança na legislação sobre o comércio de cigarros eletrônicos foi adiada apenas para o final deste ano.

Após as duas audiências públicas realizadas em 2019 em Agosto, ambas conferidas de perto pelo Vapor Aqui, em que a Anvisa recebeu informação da sociedade civil e também das partes interessadas na matéria, bem como recebeu inúmeros materiais científicos e técnicos acerca do assunto, o cronograma marcava a entrega do relatório conclusivo para Dezembro de 2019, porém sem qualquer grande anúncio ou justificativa à sociedade, a Anvisa decidiu adiar esta decisão para Dezembro de 2020.

Apesar de não haver uma justificativa oficial, executivos das indústrias tabagistas como Fernando Vieira, diretor de Assuntos Externos da Philip Morris Brasil, em entrevista ao Correio Brasiliense acredita ser em parte por conta do que aconteceu nos EUA com os cartuchos de THC falsificados, que apesar de não ter nenhuma relação direta com os produtos de cigarros eletrônicos com nicotina, foram erroneamente noticiados pela mídia internacional e principalmente brasileira como os culpados.

O processo estava programado para terminar no fim deste ano. Não estou menosprezando a importância de investigar e tomar cuidados para que os erros cometidos nos EUA não sejam cometidos no Brasil, mas essa questão está sendo prejudicada por colocar todas as tecnologias (dos dispositivos eletrônicos) no mesmo balaio.

Fernando Vieira, diretor de Assuntos Externos da Philip Morris Brasil

Com o que Fernando Vieira chama de “contaminação dos assuntos” houve em sua opinião uma “discussão em torno da indústria do tabaco ser do bem ou do mal” e não sobre a eficiência dos dispositivos e de suas tecnologias, sendo então muito mais ideológica do que técnica.

Infelizmente o vaping amargará mais um ano de incertezas e dúvidas à respeito do futuro dos cigarros eletrônicos no Brasil e só resta continuar com nosso trabalho na divulgação de conteúdo de qualidade para informar a sociedade sobre o vaping.

Fonte: Correio Braziliense

Artigos relacionados

Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação. Imaginamos que você esteja feliz com isso, mas caso não queira, você pode optar por não aceitar. Aceitar Leia mais