Image default
Aparelhos Notícias Vapor Gourmet

Análise do Naked 100 Pod System

OVapor Aqui tem a oportunidade de ser um dos primeiros geradores de conteúdo vaping a receber e analisar o sistema de POD da Naked 100, uma marca que já é líder em e-liquids e agora passa a investir também em hardware.

Propriedade da empresa USA Vape Lab fundada em 2016 com base na Califórnia, Estados Unidos, a Naked 100 rapidamente conquistou o mundo com a qualidade e sabor de seus produtos e após se consolidar neste nicho agora apresenta seu sistema de POD que leva o nome da própria marca, sendo chamado de Naked 100 Pod System, aparelho ultra compacto que utiliza cartuchos com nicotina Nicsalt.

Para comemorar o feito a marca está oferecendo o maior sorteio que a comunidade vaper do Brasil já viu garantindo 10 juices de 60 ml cada todos os meses durante 1 ano inteiro. É isso aí, em um total de mais de 7 litros de juice Naked 100 o ganhador vai receber 10 sabores sortidos mensalmente durante 12 meses podendo inclusive escolher a concentração de nicotina.

Esta análise conta com dois formatos, este artigo escrito e também um vídeo em nosso canal do Youtube e para saber como participar do sorteio é importante que você assista a análise em vídeo até o final, que você pode conferir clicando aqui.

Pra participar do sorteio é muito simples e a gente conta tudo o que você precisa saber através do nosso vídeo no Youtube.

Caixa do POD SYSTEM da Naked 100

E antes da gente entrar em detalhes eu quero agradecer à South America Vape Lab pela gentileza de encaminhar o produto para nossa análise. Também quero pontuar que quando eu fui buscar alguma informação online sobre o aparelho pra ver o que o pessoal já tinha falado sobre o produto, não encontrei quase nada, sinal de que estamos sendo lisonjeados em ser um dos primeiros geradores de conteúdo a receber o POD para análise.

O aparelho é muito parecido com o da empresa Juul, marca americana pioneira no setor que rapidamente conquistou 70% do mercado de cigarros eletrônicos dos Estados Unidos e que recentemente vendeu 35% das suas ações para a Philip Morris, esta notícia em detalhes você pode conferir neste artigo.

À princípio ele tem uma proposta de ser um sistema fechado o que quer dizer que você deve usar os cartuchos com líquido ou “pods” até o final e depois descartá-los, o que acaba não permitindo o uso de outro líquido senão o do próprio pod. Porém na prática eu o considero um sistema semi-aberto pois apesar de não ser intenção do fabricante, é muito fácil abrir o cartucho e reabastecer com o líquido de sua preferência, o que eu considero um baita ponto positivo. Veja em nossa análise em vídeo para saber como fazer isso.

Pode ser que no futuro a marca lance um tipo de cartucho específico que permita o refil e até a reconstrução das coils, o que seria muito bem vindo.

O produto vem embalado em caixa acrílica com a informação de se tratar de um “variety pack” que é traduzido como “conjunto variado” querendo dizer que recebemos 4 sabores diversos junto com o aparelho. No site oficial da marca além dos sabores já oferecidos há uma informação de que haverão outros 25 sabores, mas não dizem quais nem quando estarão disponíveis, eu só posso especular que eles vão lançar os sabores que já existem no mercado, porém em suas versões para o pod.

A caixa apresenta na parte da frente a informação de 3.5% de força de nicotina o que eu achei curioso. A grande maioria das empresas, inclusive a própria Naked 100 utilizam o formato “mg” para identificar a concentração de nicotina dos seus líquidos, até aqueles da linha com Nicsalt. As embalagens mostram 0 mg, 3 mg, 6 mg ou 35 mg no caso da Nicsalt. Desta forma é fácil identificar quanta nicotina cada produto possui. Este é o formato mais utilizado e mais aceito no mercado, é inclusive a forma como se costuma calcular o percentual de nicotina para quem faz os próprios líquidos.

Porém no Pod System da Naked 100 o formato escolhido foi indicar 3.5% de nicotina.

Único local que informa a quantidade de nicotina em mg/ml de forma clara é na parte traseira da embalagem do aparelho

Isso pode levar o consumidor ao erro e fazê-lo pensar que está consumindo um líquido de apenas 3.5 mg, o que também abre margem para se pensar que ele pode ser feito de nicotina Freebase, um tipo de nicotina que é absorvido mais lentamente pelo organismo que é usado em outros tipos de aparelhos. Para saber que 3.5% equivalem a 35 mg/ml é preciso conferir as letras miúdas na parte detrás da embalagem do aparelho.

Nas embalagens dos cartuchos avulsos essa explicação sequer existe, ficando apenas a informação de “3.5% de nicotina” na frente da embalagem. Pela concentração obviamente se trata de Nicsalt, mas isso também não é informado em lugar nenhum, não há sequer menção à palavra “Nicsalt” em qualquer lugar do produto.

Se você quer entender a diferença entre a nicotina Nicsalt e a Freebase, que é essencial e um dos pontos mais importantes tanto do ponto de vista da segurança quanto a experiência no vapor, leia este artigo.

[foogallery id=”9812″]

Ao abrir a caixa temos o aparelho, um cabo usb, o termo de garantia, o manual do usuário e uma cartela com 4 sabores variados. Cada cartucho ou pod vem em uma embalagem individualmente lacrada que identifica o sabor pela cor de sua proteção de silicone. Os que recebi foram: Laranja para o Amazing Mango Fruits um sabor frutado de manga,  American Patriots Tobacco com proteção na cor vermelha que é um sabor de tabaco, Very Cool Menthol em azul que é um líquido mentolado e Reallyberry Fruits um sabor de blueberry que é a fruta mirtilo que possui também a proteção na mesma cor do Very Cool Menthol, o que dificulta a identificação já que não há descrição do sabor nem na embalagem nem no cartucho, obrigando o vaper a abrir e cheirar ou até provar para qual é qual.

O fabricante informa que cada cartucho possui 1.1ml de líquido.

No site do produto é informado que existem outros 25 sabores, porém eles ainda não foram apresentados ao mercado.

Além da proteção de silicone há também um pequeno protetor também de silicone para o buraco de tragar.

Após retirar o cartucho da embalagem é preciso tirar as duas proteções antes de instalar no aparelho. Não sei se é proposital, mas eu achei interessante que é possível usar o protetor de silicone como protetor do parte do bocal do pod, evitando entrar sujeira enquanto ele está guardado no bolso ou quando deixado em algum lugar.

[foogallery id=”9813″]

O aparelho já veio pré-carregado e eu só precisei abrir um cartucho, instalar e começar a usar. A instalação do cartucho pode ser feito de qualquer lado o que adiciona ainda mais facilidade.Isso é ponto muito positivo pois uma das principais reclamações de quem quer parar de fumar usando cigarros eletrônicos é o trabalho necessário, mesmo em modelos para inciantes, como carregar a bateria, preparar o atomizador, encher de líquido, configurar o aparelho e outras coisas que tornam a experiência menos intuitiva.

O dispositivo não é pesado, mas também não é extremamente leve, o que dá uma sensação de qualidade que outros pods não entregam, parecendo leves demais e feitos de plástico.

O cabo USB é emborrachado de ótima qualidade com conectores magnéticos que grudam e tornam mais fácil a tarefa de guardá-lo. O cabo é bastante curto portanto você deverá deixá-lo próximo do local onde ele será carregado o que não deve ser muito problemático pois é preciso exclusivamente carregar usando o computador.

A bateria conta com uma potência de 250 mAh e é importante salientar que o manual indica uma tensão máxima de 5V, o que é comum a todos os cigarros eletrônicos, porém também indica uma corrente máxima de 500 mAh. Seguir estas especificações é necessário para preservar a vida útil do dispositivo e até evitar acidentes. Para não passar de 500 mAh é preciso usar um computador e carregar somente pela USB 2.0. Você não deve carregar na porta com padrão USB 3.0 pois ela tem uma corrente de 900 mAh, quase o dobro do indicado e isso pode danificar o aparelho.

Cada vez que você utiliza o aparelho as quatro luzes indicadoras acendem e após finalizar a tragada ficam acesas apenas as luzes referentes à carga da bateria. 4 luzes indicam 75% de carga, 3 indicam ter metade ou mais, 2 luzes indicam 1/4 de bateria ou mais e apenas 1 luz indica menos de 24% de bateria. Essa é a mesma sistemática quando o aparelho está carregando, indicando a carga.

[foogallery id=”9829″]

Ao acabar a bateria, precisei de apenas 1 minuto para conseguir 2 luzes, indicando que a bateria carregou pelo menos 25%, o que é ótimo para emergências quando a gente esquece de carregar e está precisando de uma dose de nicotina para seguir com o dia.

Ao carregar o aparelho fica apenas um pouco morno e não me trouxe qualquer preocupação. Apenas devo também apontar que o conector USB do cabo do produto é feito de tal maneira que você pode acabar se confundindo e colocando ele ao contrário, que não vai servir de nada pois os conectores estão apenas de um lado, como qualquer USB. Ele não é como outros USB que você precisa acertar o lado para ele encaixar.

Como disse anteriormente, apesar do Naked 100 Pod System ser um sistema fechado desenvolvido para ser usado exclusivamente com os cartuchos do fabricante e descartados após o término do líquido, é extremamente fácil reaproveitar os pods colocando qualquer líquido à sua escolha.

Basta pressionar com algo pontudo as duas pequenas travas em ambos os lados do cartucho e depois puxar a parte transparente e a parte preta do bocal, separando e abrindo o cartucho. Existe uma tampa de silicone estrategicamente posicionada e um buraco feito sob medida para refil usando um frasco de bico fino.

O fabricante não indica a reutilização dos pods, mas a coisa toda é tão bem feita que parece que é proposital, mas de qualquer forma use a dica por sua própria conta e risco. Eu passei uma semana usando um cartucho com meus próprios líquidos e não tive qualquer problema e eu já refilei várias vezes.

Outro ponto bastante positivo é que o produto não apresentou vazamentos entre o cartucho e os conectores do aparelho, coisa que notei ser comum em alguns concorrentes e que inclusive estragou um pod que eu usava há menos de 15 dias.

O sabor é excelente para um pod, mas obviamente não dá pra comparar com o que sentimos em um RTA ou dripper, mesmo assim o sabor é bem nítido para algo tão portátil e prático.

Até o momento, é um dos melhores pods que já pude utilizar.

Artigos relacionados

Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação. Imaginamos que você esteja feliz com isso, mas caso não queira, você pode optar por não aceitar. Aceitar Leia mais